Bolsonaristas citam marcha da maconha e aborto para defender Zé Trovão

No pedido de habeas corpus que apresentação a favor do caminhoneiro Zé Trovão, deputados bolsonaristas citarão a marcha da maconha e protestos contra a descriminalização do aborto como argumentos a favor do caminhoneiro.

De autoria de Carla Zambelli e Major Vitor Hugo, o pedido afirmará que não há motivo para a manutenção da prisão de Zé Trovão porque ele atuou dentro da liberdade de expressão.

“É possível até mesmo se manifestar a respeito da descriminalização de certos crimes, sem que seja considerada apologia ao fato criminoso ou qualquer outro ilícito penal, mas sim pelo puro direito de se manifestar, como é o caso da ‘marcha da maconha’ em que os manifestantes pedem o fim da descriminalização do uso da erva da maconha e os movimentos que dizem respeito à descriminalização do aborto”, dizem os deputados.

O post Bolsonaristas citam marcha da maconha e aborto para defender Zé Trovão apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.