Google e Fundo Baobá vão financiar ONGs de combate ao racismo

O Fundo Baobá para Equidade Racial – primeiro e único fundo dedicado, exclusivamente, para a promoção da equidade racial para a população negra no Brasil – fez parceria com o Google. Assim, os dois vão financiar ONGs que trabalham em prol da promoção da equidade racial.

A lista das 12 entidades que serão contempladas com R$ 100 mil e foram selecionadas por meio do edital Vidas Negras: Dignidade e Justiça foi divulgada nesta terça-feira (14/8). Confira aqui o nome das escolhidas.

A concorrência reuniu projetos de ONGs com propostas para o combate à violência racial e às incorreções verificadas dentro do sistema de Justiça Criminal do Brasil. As organizações selecionadas receberão o montante de R$ 100 mil, suporte técnico para o fortalecimento institucional e  jornadas formativas.

Os temas que compunham os projetos foram: o enfrentamento à violência racial sistêmica; a proteção comunitária e a promoção da equidade racial; o enfrentamento ao encarceramento em massa entre adultos e jovens negros e a redução da idade penal para adolescentes; e as politicas de reparação para vítimas sobreviventes de injustiças criminais com viés racista.

Combate ao racismo

A ação filantrópica apoiada pelo Google.org e liderada pelo Fundo Baobá, voltada para grupos coletivos negros, organizações e movimentos sociais também negros, é resultado de um esforço coletivo para o enfrentamento ao racismo e promoção da equidade racial.

O edital Vidas Negras: Dignidade e Justiça foi uma oportunidade de a população negra fortalecer estratégias de ativismo e resistência frente às injustiças raciais recorrentes, envolvendo e engajando comunidades, vítimas, sobreviventes e aliados.

“O Fundo Baobá completa, neste 2021, 10 anos de um intenso trabalho para a promoção da equidade racial no Brasil. Esse é o objetivo que tem nos movido: a busca pela igualdade de oportunidades para a população negra brasileira. Buscar isso requer ações no campo da Educação, do Trabalho, do Empreendedorismo, da Saúde, das Artes, da Justiça e outros”, afirmou a iniciativa, em comunicado.

O post Google e Fundo Baobá vão financiar ONGs de combate ao racismo apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.