Vereador de Ibitinga é investigado por fraudes em licitações

Marco Antônio da Fonseca foi prefeito da cidade entre 2009 e 2012. Segundo o Tribunal de Contas, denúncia se refere a este período. A Câmara de Ibitinga aprovou a abertura de Comissão Processante contra o vereador Marco Antônio da Fonseca que foi prefeito da cidade entre 2009 e 2012.
A denúncia é que no período em que estava à frente da administração, Marco Antônio cometeu irregularidades em licitações, como apontou o Tribunal de Contas.
A comissão tem o prazo de 90 dias para apresentação do parecer final e pode até pedir a cassação do mandato do parlamentar.
A TV TEM entrou em contato com o vereador, que disse por telefone que está surpreso com a decisão da Câmara e pretende provar que não cometeu nenhuma irregularidade.
VÍDEOS: assista às reportagens da região
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.