Zé Trovão segue procurado pela PF; caminhoneiro é alvo de mandado de prisão

Zé Trovão teve mandado de prisão expedido pelo STF
Zé Trovão teve mandado de prisão expedido pelo STF (Foto: Reprodução)

O caminhoneiro catarinense Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão, segue procurado pela Polícia Federal. Ele é alvo de um mandado de prisão requisitado pela Procuradoria Geral da República (PGR), e expedido pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal.

Zé Trovão divulgou um vídeo nas redes socias neste sábado, em se diz vítima de ordens “inconstitucionais” da Justiça, e afirma que não se entregará até o feriado de 7 de setembro. A coluna apurou que ele foi procurado em diferentes endereços desde sexta-feira (4) e não apenas em Santa Catarina, mas também em outros estados. Como o mandado está sob sigilo, a PF não se manifesta a respeito

O caminhoneiro teve a prisão decretada por descumprir medidas cautelares determinadas pela Justiça, entre elas a proibição de se manifestar nas redes sociais. Ele chegou a participar de “lives” e divulgar vídeos chamando para manifestações.

A prisão de Zé Trovão foi solicitada junto com a do blogueiro Wellington Macedo, localizado em hotel em Brasília na sexta-feira (4).

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.