7 artistas sertanejos LGBTs pra sentar o dedo no streaming!

Não a toa o estilo tem tantos apoiadores ferrenhos do presidente – assumidamente machista e homofóbico – Bolsonaro, como Gusttavo Lima, por exemplo. E também sempre rola algum close errado de artistas, como foi o caso de semana passada com a sertaneja Marília Mendonça.

Mas da mesma maneira que a música pop, o funk, o rap e até a música gospel hoje em dia começa a ter representatividade LGBT, o mesmo acontece no sertanejo com artistas LGBTs que amam o gênero musical e tem a coragem de quebrar estas barreiras.

Um levantamento da revista Gama mostrou vários dos talentos, aos quais a gente adiciona alguns outros na lista abaixo pra você ampliar e deixar seus aplicativos de streaming de música, ainda mais brasileiros e coloridos:

Gabeu

Filho do sertanejo Solimões, da dupla Rio Negro e Solimões, Gabeu não nega as origens e foi um dos primeiros artistas do estilo sertanejo abertamente gay já desde que se lançou. Suas letras são sensacionais!

Canal do Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCeGMHskC9OLmyGKP319vJbQ

Instagram: https://www.instagram.com/eugabeu/?hl=pt-br

Spotify https://open.spotify.com/artist/7eD1AwhVz2iGGHu2zYLGwe

Gali Galó

Artista não-binárie que canta e compõe, se Gali Galó pode se definir em algum gênero? Talvez só o musical sertanejo mesmo! Entre seus singles estão “Fluxo (Mulher do Futuro)” e “Caminhoneira”.

Canal do Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCs-kN6leuZ7i79-ORzc2ipw

Instagram: https://www.instagram.com/gali.musica/

Spotify:  https://open.spotify.com/artist/372WeNRZmHpz2kfrUcmLB8

Sophia Barclay

Barclay começou a se apresentar na Parada LGBT do Rio de Janeiro em 2018, quando também participou de um clipe da cantora Inês Brasil. Entre seus singles estão “Ordinaria”, “Piripaque do Bumbum”.

Canal do Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCd5V379zEu0fL5SlURagvfA

Instagram: https://www.instagram.com/eubarclay

Spotify https://open.spotify.com/artist/5z7mGVCZkQcfOtVL69UUGh

Reddy Allor

A drag queen do interior de São Paulo lançou em 2019 o hit “Tira o Olho” e chegou a chamar atenção de grandes nomes do estilo, como a cantora Marília Mendonça, que compartilhou seu clipe nas redes sociais.

Canal do Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCHRIm3OfYES4pXQGqG1iuOg

Instagram: https://www.instagram.com/reddyallor/

Spotify https://open.spotify.com/artist/1o5XsCDvEepiA1AwFsiB1S   

Zerzil

inspirado no hit “Old Town Road”, do rapper norte-americano e também abertamente gay, Lil Nas X, Zerzil fez sua versão da música em português, “Garanhão do Vale”.

Canal do Youtube: https://www.youtube.com/user/zerziloficial

Instagram: https://www.instagram.com/zerzil/

Spotify:  https://open.spotify.com/artist/1QNTIadDI1HF5OK6SA7pzL

Alice Marcone

Sim, o sertanejo também tem representatividade trans. Roteirista, atriz e cantora, Alice Marcone lançou recentemente seu primeiro single, “Noite Quente”.

Canal do Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCNVd4fFs1aZufUavMqJA9pw

Instagram: https://www.instagram.com/alice.marcone/

Spotify  https://open.spotify.com/artist/2wxygaZvSWH0Bs3e3hIfKb

Romero Ferro

O artista gay pernambucano não é exatamente sertanejo. Na realidade seu som é uma mistura de estilos que traz batidas dos anos 90, brega funk e um estilo bem tropical delícia de se ouvir! O cantor já tem vários singles e EPs lançados. Dentre seus sucessos estão “Corpo em Brasa”, Love Por Você”, “Tolerância Zero” e “Verdadeiro Amor”, além de muitos outros. No estilo mais próximo do gênero “pocnejo”, a faixa “Você Vai Ver” seria a pedida.

Canal do Youtube: https://www.youtube.com/user/BritoRomero

Instagram: https://www.instagram.com/romeroferro/

Spotify:  https://open.spotify.com/artist/6RQQuhhlJwsjKJTW1P9PU9

Adicionar aos favoritos o Link permanente.