Aviões da missão humanitária brasileira chegam ao Líbano

Delegação brasileira levou seis toneladas de alimentos e medicamentos para o país

Os aviões KC-390 e Embraer 190 (VC-2) chegaram hoje ao Aeroporto Internacional de Beirute

Os aviões da missão humanitária brasileira de ajuda ao Líbano pousaram, nesta quinta-feira (13), em Beirute. A delegação do Brasil foi recebida no Aeroporto Internacional de Beirute por autoridades locais, lideranças religiosas e por integrantes da Força-Tarefa Marítima (FTM) Unifil, missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU). No último dia 4, explosões atingiram a zona portuária de Beirute deixando mortos, milhares de feridos e desabrigados.

No mesmo local, o ex-Presidente da República Michel Temer, chefe da missão brasileira, presidiu a Cerimônia de Entrega Oficial da Ajuda Humanitária ao Líbano e proferiu palavras de esperança. “O povo brasileiro está muito empenhado em ajudar o Líbano. Estamos trazendo, agora, seis toneladas de alimentos e medicamentos. Mais 4 mil toneladas de arroz virão por via marítima. Além disso, a comunidade libanesa me comunicou, hoje pela manhã, que ainda há mais 20 toneladas arrecadadas”, disse.

A Marinha do Brasil, por meio da Fragata Independência, com tripulação de cerca de 200 militares, é responsável por treinar a Marinha do Líbano e coibir a entrada de armas e drogas naquele país, juntamente com os países Bangladesh, Grécia, Alemanha, Turquia e Indonésia, que também compõem essa missão de paz da ONU.

O Contra-Almirante Sérgio Salgueirinho, comandante da Força-Tarefa Marítima da Unifil, falou sobre a importância da presença brasileira no Líbano.
“O Brasil entrou na missão em 2011. Nós estamos aqui, consecutivamente, desde essa época. Então, vamos completar 10 anos de missão. É um orgulho e um privilégio estarmos aqui”, afirmou.

Em seguida, a delegação brasileira foi para o Palácio Presidencial de Baabda, onde se encontrou com o Presidente da República do Líbano, Michel Naim Aoun. Participaram da reunião o ex-Presidente da República Michel Temer; os Senadores Nelson Trad e Luiz Osvaldo Pastore; o Secretário de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Almirante Flávio Rocha; o Secretário de Negociações Bilaterais no Oriente Médio, Europa e África, Embaixador Kenneth Félix Hacynski da Nóbrega; o Encarregado de Negócios do Brasil em Beirute, Jandyr Ferreira dos Santos; o General Carlos Augusto Sydrião; o Presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), Paulo Skaf; e o assessor de imprensa do Presidente Temer, Elson Mouco Jr.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.