Câmara aprova multa de R$ 15 mil para quem organizar festas clandestinas em Botucatu

Vereadores também aprovaram multa de R$ 2 mil para as pessoas que testaram positivo para Covid-19 e descumprirem o isolamento social. Câmara aprova multa de R$ 15 mil para quem organizar festas clandestinas em Botucatu
Câmara Municipal de Botucatu/Divulgação
A Câmara de Vereadores de Botucatu (SP) aprovou na noite desta segunda-feira (31) dois projetos de lei relacionados à pandemia do coronavírus, que preveem multas para as pessoas que descumprirem as regras que evitam a disseminação da doença.
Um dos projetos aprovados estabelece multa de R$ 15 mil para quem organizar festas clandestinas com cobrança de entrada.
O outro prevê multa de R$ 2 mil para as pessoas que testarem positivo para Covid-19 e descumprirem o isolamento social. No caso de reincidência, o valor pode ser dobrado.
Segundo o vereador Izaias Colino, autor dos dois projetos, a Guarda Civil Municipal (GCM) é responsável pela fiscalização das pessoas que precisam estar em quarentena.
As equipes da GCM já chegaram a registrar boletins de ocorrência ao flagrar moradores descumprindo o isolamento social em Botucatu durante as fiscalizações diárias feitas pela equipe. Agora, além de responderem na Justiça por crime contra a saúde pública, podem ser multados.
Os dois projetos de lei ainda precisam ser sancionados pelo prefeito Mário Pardini.
Agentes de saúde fazem visitas surpresas na casa de pessoas com Covid-19 em Botucatu

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.