CARLINHOS NESTOR (MDB) ANUNCIA CHAPA COM MARINHO (PSDB) PARA PREFEITURA

Em tempos sombrios de pandemia, foi dado nesta quinta-feira (6) o pontapé inicial das eleições 2020 em Garopaba. O MDB confirmou a pré-candidatura de Carlinhos Nestor para prefeito, acrescentando uma coalizão com o PSDB de Marinho Nascimento como vice. A chapa terá de ser referendada pelas convenções partidárias das duas siglas na virada de setembro. As eleições foram adiadas para 15 de novembro.

O anúncio feito nas redes sociais por Carlinhos Nestor marca o fim da frente partidária criada e sustentada por Luiz Nestor para vencer em 2008 e 2012, tendo o vice-prefeito de então, Sérgio Cunha, dado sequência à coalizão em 2016. E foi nesta última eleição que o vento começou a soprar de Leste, com a recusa de Carlinhos de concorrer a vice de Cunha. Nilton Raupp acabou assumindo a missão política de ser vice e tentar manter a frente partidária unida.

A tarefa que já se mostrava difícil logo se tornou inviável. MDB e o vice se afastaram cada vez mais do prefeito e de seu grupo político ao longo do mandato. Principalmente nos últimos dois anos, com a eleição da emedebista Micheline Araújo, ex-mulher de Luiz Nestor, como presidente da Câmara numa mesa de oposição, formada com três integrantes do PP.

Na tarde desta quinta-feira (6), Carlinhos disse ao Mais Garopaba que manteve conversações com vários partidos e, por fim, definiu-se pela coligação com o PSDB de Marinho, ex-vice-prefeito de Quirino Lopes em 2001/2004 e presidente da Câmara no início do primeiro governo Luiz Nestor. Carlinhos chegou a buscar uma frente com o PP, o que acabou não dando certo.

Marinho também vinha de uma longa conversação com o Partido Progressista de Anael Silva, cotado para vice nessa chapa de oposição. Mas teria faltado unanimidade entre os integrantes do PP quanto a uma coligação que era dada como certa desde o início do ano, segundo Marinho: “Quando decidimos tomar outro rumo, recebemos o convite do MDB para compor a chapa”. Em 2016, numa campanha diferente e só com o PSDB, Marinho fez 1.844 votos.

ÍNTEGRA DO ANÚNCIO DA COLIGAÇÃO NO INSTAGRAM:

“Juntos por Garopaba
Nós já recebemos muito de Garopaba. Só temos a agradecer. Aqui nós construímos as nossas vidas, com muito esforço e trabalho, é bem verdade.
Sonho que se sonha junto é realidade. Pensando assim, fui buscar um parceiro para abraçar uma grande missão: servir nossa cidade e a nossa gente. O Marinho, ex-vereador, vice-prefeito, funcionário público da Casan durante 40 anos, administrador e técnico em Edificações, oficializa conosco uma aliança por Garopaba.

Este é um momento muito importante. Anuncio de maneira oficial a minha pré-candidatura a prefeito de Garopaba, tendo o Marinho como pré-candidato a vice-prefeito. MDB e PSDB juntos.

É hora de retribuir. Juntos, queremos fazer de Garopaba uma cidade melhor, com maior qualidade de vida e desenvolvimento social e econômico. Temos experiência para enfrentar os grandes desafios que todos nós precisaremos na retomada pós-pandemia. Os novos tempos exigem renovação com experiência. Estamos prontos! Dedico esta jornada ao meu querido irmão Luiz Nestor, que fez da gestão municipal a sua vida. Saudade que fica e que honraremos.”

OUTRAS CANDIDATURAS

O lançamento da pré-candidatura da chapa Carlinhos/Marinho vai aquecer a corrida para a Prefeitura. Começa um período de turbulência na cidade. Trocas de acusações e muitos boatos sobre a iminente prisão de fulano ou beltrano por supostas falcatruas, passam a fazer parte da paisagem até 15 de novembro. E quase nada se confirma ao final. Para alguns setores é importante manter o clima de suspeição e muita fake news. Garopaba estava acostumada com boataria e folclore nesse período. E tirava de letra ao final. Será que continua assim com a agressividade e campanhas de ódio nada exemplares nas redes sociais como se viu nas eleições passadas?

JÚNIOR ABREU – No dia em que Carlinhos Nestor (MDB) oficializou pré-candidatura em coalizão com Marinho Nascimento (PSDB), circula pelas redes sociais que o PP decidiu encarar as eleições com uma chapa pura, tendo o jovem vereador Júnior Abreu como vice de Anael Silva. O vereador Júnior Abreu não confirmou essa definição ao “Mais Garopaba”. Mas deixou claro que está à disposição do partido, que deve ter convenção no início de setembro.

SITUAÇÃO – Luizinho de Campos (PSB) continua confiante numa chapa situacionista com a candidata do PSD Tula Amaral. O anúncio de uma das chapas de oposição pode apressar essa definição. A decisão tem de se dar até a virada do mês e a campanha é curtíssima, exigindo planejamento meticuloso desde já. Caso se efetive, a coligação envolveria várias siglas organizadas na cidade.

SEM POLÍTICOS – O Patriotas de Garopaba lançou uma chapa pura de “não-políticos”: Gesiel Rebelo para prefeito e vice Carlos UEL.

LIBERAIS – Já o Partido Liberal lançou desde o ano passado as pré-candidaturas de Agnaldo Timóteo e Serginho Segbem.

TRABALHADORES – Por sua vez, o Partido dos Trabalhadores também lançou uma chapa pura com os pré-candidatos Rodrigo Oliveira e Vera Cardoso.

*A foto é divulgação de Carlinhos Nestor no Instagram.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.