DEIC realiza operação “Habite-se” contra ligações de energia clandestina

A Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) realiza, na manhã desta sexta-feira (15) uma operação em imobiliárias do Norte da Ilha, em Florianópolis. O foco é a utilização de documentos falsos para a obtenção de ligações de energia elétrica em obras irregulares. O Conexão flagrou mandados sendo cumpridos em duas imobiliárias de Ingleses, na região da Estrada Dom João Becker. Nestes locais, os policiais apreenderam documentos para levantar informações sobre como isso era feito.

Ao todo estão sendo cumpridos 11 mandados de busca e apreensão. Inclusive casas, na região de Ingleses, foram alvo da ação policial. O objetivo é apreender documentos e celulares que possam comprovar a ligação destas pessoas com um esquema criminoso para a obtenção de ligações de energia.

O nome da operação é “Habite-se”. O nome remete ao documento que autoriza o início da utilização efetiva de construções ou edificações destinadas à habitação. A maioria das construções na região do Norte da Ilha não tem esse documento. Mandados também são cumpridos em Palhoça, na Grande Florianópolis.

Segundo a Polícia Civil, o inquérito policial levantou que construtores do Norte da Ilha utilizavam documentos falsos para obter ligações de energia clandestina em imóveis irregulares. O problema afeta milhares de construções em toda a região. Em um dos locais visitados, os policiais encontraram também relógios da Celesc. O material foi apreendido.
Em nota, a Celesc diz que está apoiando a operação e contribuindo com as investigações.

Confira a nota da Celesc
A Operação Habite-se, deflagrada pela Polícia Civil na manhã desta sexta-feira (15) contra fraudes em ligações de luz, cumpre mandados de busca e apreensão em Florianópolis e Palhoça. A Celesc está apoiando a operação e contribuindo com as investigações. No momento, mais informações devem ser apuradas junto à Polícia Civil.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.