Empresa de Itajaí que vendia contêiner e não entregava é interditada

A Polícia Civil e o Procon de Itajaí interditaram uma empresa na manhã desta terça-feira (28). A empresa responde a processos administrativos por venda de contêineres que não foram entregues aos compradores.

Segundo informações da operação, não houve prisões. A empresa tem 10 dias para recorrer da interdição, durante este período, está proibida de funcionar.

Se houver descumprimento da interdição, a empresa poderá pagar multa de R$1 milhão a ser recolhida pelo fundo de Reconstituição do Bens Lesados.

 

Com Agências

Adicionar aos favoritos o Link permanente.