Estudo americano diz que obesidade faz cérebro diminuir e aumenta risco de Alzheimer

Um estudo desenvolvido por especialistas em saúde na Califórnia, nos Estados Unidos, revelou que metade dos adultos americanos está acima do peso ou são obesos. Apesar de o peso corporal excessivo estar, muitas vezes, relacionado a uma série de problemas de saúde graves, como diabetes e doenças cardíacas, uma nova pesquisa mostra que também pode reduzir o fluxo sanguíneo para o cérebro. Em um artigo publicado pelo “Journal of Alzheimer’s Disease“, um diário especializado no assunto, pesquisadores alertam que isso pode colocar indivíduos com excesso de peso em grande risco para a doença de Alzheimer.

Foram analisados o fluxo sanguíneo cerebral em 17.721 adultos, que tinham entre 18 e 94 anos. Para fazer isso, os pesquisadores usaram uma técnica de imagem cerebral conhecida como tomografia computadorizada por emissão de fóton único (SPECT). Essas descobertas têm implicações importantes para distúrbios de aprendizagem e memória, como a doença de Alzheimer.

“Uma das lições mais importantes que aprendemos ao longo de 30 anos de realização de estudos de imagens cerebrais funcionais é que os cérebros podem ser melhorados quando você os coloca em um ambiente de cura, adotando hábitos saudáveis ​​para o cérebro, como uma dieta saudável em calorias e regular exercício ”, disse o autor principal da pesquisa, Dr. George Amen, em um comunicado à imprensa.

Segundo o artigo divulgado, o baixo fluxo sanguíneo cerebral é um forte indicador de futuros casos da doença. Também foram encontradas ligações particularmente fortes entre o peso corporal e o fluxo sanguíneo em várias regiões do cérebro conhecidas por serem afetadas pela doença de Alzheimer. Essas áreas incluem os lobos temporais e parietais, hipocampo, giro cingulado posterior e pré-cuneiforme.

O Alzheimer é a forma mais comum de demência, segundo os Centros de Controle e Prevenção de Doenças. Os sintomas geralmente aparecem após os 60 anos e os riscos aumentam conforme você envelhece. O CDC acrescenta que quase 43% dos americanos adultos com mais de 60 anos são obesos.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.