Flamengo massacra o Corinthians por 5 a 1 e assume a ponta do Brasileirão

O Flamengo comprovou seu favoritismo e bateu o Corinthians por 5 a 1, na Neo Química Arena, na tarde deste domingo, 18, em confronto válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Everton Ribeiro, Vitinho, Natan, Bruno Henrique e Diego marcaram para o time visitante, enquanto Gil anotou o único gol da equipe do Parque São Jorge. Com o resultado, o Rubro-Negro chega aos 34 pontos assume a liderança provisoriamente – Atlético-MG e Internacional ainda jogam hoje e podem superar a equipe carioca. O Timão, por sua vez, permanece com 18 pontos, na 14ª posição e em situação perigosa na tabela, mas fora da zona de rebaixamento

O Rubro-Negro foi amplamente superior no primeiro tempo, se impondo tecnicamente, trocando muitos passes e alugando o campo de defesa do adversário. Logo aos 9 minutos, Pedro abriu o placar, mas o lance foi anulado porque a bola havia saído pela linha lateral no início do contra-ataque. Os cariocas, então, insistiram e chegaram ao gol inaugural com Everton Ribeiro, que aproveitou cruzamento de Filipe Luís, se antecipou em relação a Piton e testou no contra-pé do goleiro Cássio. Em algumas jogadas isoladas, o Corinthians até assustou, como no chute de Camacho no travessão e a testada de Xavier para fora. O Alvinegro, no entanto, desceu para o vestiário na desvantagem.

Na volta do intervalo, o Flamengo continuou em cima e ampliou aos 6 minutos. Everton Ribeiro enfileirou a defesa corintiana da direita para dentro e tocou para Vitinho, que bateu com categoria para marcar. Aos 12, o Rubro-Negro marcou o terceiro com Natan. O zagueiro subiu mais alto após batida de escanteio e testou para o fundo do gol. O Corinthians, então, acordou com as substituições de Vagner Mancini. Em cobrança de falta, Luan levantou na medida para Gil cabecear. O gol foi anulado, mas, no lance seguinte, a jogada se repetiu e o zagueiro pôde comemorar. Tentando uma reação, o time do Parque São Jorge adiantou suas linhas e quase fez o segundo – Cazares acertou a trave e Luan parou no goleiro Hugo.

Ainda assim, o Rubro-Negro não deu chance para o azar e fez o quarto com Bruno Henrique. Em bela jogada trabalhada, Isla recebeu de Vitinho e cruzou rasteiro para o atacante, que só completou para o fundo do gol. Com outras alterações do técnico recém-chegado, o Corinthians até voltou a fazer Hugo trabalhar, mas quem marcou por último foi o Mengo: após saída de bola errada do Timão, Diego recebeu por dentro, deixou a marcação para trás e bateu na saída de Cássio. 5 a 1!

Você pode gostar...