Globo faz série com livro Prisioneiras de Drauzio Varella

O médico e escritor Drauzio Varella, autor do sucesso Carandiru, terá mais uma de suas obras adaptadas para a televisão. Seu livro Prisioneiras vai virar série na Globo, segundo informou a colunista Patricia Kogut, do jornal carioca O Globo.

Segundo a publicação carioca, os roteiristas Newton Moreno e Paulo Garfunkel trabalham no projeto, que já teve diretor designado: Vinícius Coimbra. Garfunkel já havia trabalhado com Drauzio Varella na revista em quadrinhos O Vira-Lata, que conscientizou as pessoas sobre o HIV.

O trio ainda está em fase de desenvolvimento da sinopse. Dessa forma, a Globo ainda não bateu o martelo para quando as produções vão ter início, mas, certamente, será no pós-pandemia, em parceria com a Prodigo Films.

Aos 77 anos, Drauzio Varella é um dos médicos mais respeitados do país, sobretudo por sua forte defesa de um contato humano, acolhedor e profissional entre um médico e qualquer que seja seu paciente. Ele ficou popular entre o grande público com seus quadros no programa dominical da globo Fantástico.

A série Carcereiros, atualmente no Globoplay, também é baseada em um livro de Drauzio Varella, que conhece como poucos a realidade do sistema prisional brasileiro, que ele também abordou em Carandiru, transformado em filme por Héctor Babenco.

Vida pessoal

O médico Drauzio Varella é formado pela USP e é casado com a atriz Regina Braga, que ficou conhecida do grande público na novela Por Amor, na Globo, ao viver a dona de casa, Lídia. Ele ainda é padrasto do também ator Gabriel Braga Nunes.


Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.