Hemonúcleo de Foz do Iguaçu pede doações de sangue de pessoas recuperadas da Covid-19


Segundo o Hemonúcleo, plasma do sangue dos doadores é utilizado no tratamento de pacientes graves com a Covid-19. Doações devem ser feitas por meio de agendamento. Hemonúcleo de Foz do Iguaçu pede doações de pessoas recuperadas da Covid-19
HMCC/Divulgação
O Hemonúcleo de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, pede doações de sangue para pessoas que se recuperaram da Covid-19 e que não apresentam sintomas há mais de 45 dias.
O material coletado será usado na produção do plasma hiperimune ou convalescente. O objetivo do tratamento é ajudar o sistema imunológico de pacientes doentes, internados e em estado grave com a Covid-19.
Caso todos os critérios clínicos sejam preenchidos, o paciente pode receber o plasma com anticorpos extraído do doador.
Para doar é preciso ter entre 18 e 60 anos, e estar em boas condições de saúde. Podem participar da coleta apenas mulheres que não nunca ficaram grávidas, pois a gestação pode interferir no plasma.
De acordo com o hemonúcleo, para doar é preciso agendar o horário pelo telefone (45) 3576-8020. A coleta ocorre no Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), na Avenida Gramado, 364, Vila A.
A primeira transfusão de plasma hiperimune em Foz do Iguaçu ocorreu em 26 de agosto, no HMCC.
Conforme a Secretaria Municipal de Saúde, até quarta-feira (13), Foz do Iguaçu registrou 20.216 casos confirmados da Covid-19 e 302 pessoas morreram vítimas da doença. A cidade conta com 639 casos ativos.
Anticorpos
Conforme a equipe do hemonúcleo, o plasma é a parte líquida do sangue.
Pacientes que se recuperaram da Covid-19 podem doar porque o sistema imunológico da pessoa que foi contaminada produz proteínas na corrente sanguínea para combater a doença, que são chamados anticorpos.
Após a recuperação do infectado, os componentes sanguíneos com estes anticorpos podem ser coletados e utilizados em outras pessoas para auxiliar no tratamento da Covid-19.
VÍDEOS: Vacina contra a Covid-19 no Paraná
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.