‘Hóspede oculto’ vai inspecionar hotéis do Rio para verificar se normas contra Covid-19 estão sendo cumpridas

Na retomada do turismo durante a pandemia do novo coronavírus, o cumprimento das normas de higiene serão ainda mais importantes na hora de escolher o local de hospedagem. Para se certificar de que as medidas de prevenção estão sendo cumpridas no Estado do Rio, a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-RJ) e o Sindicato dos Meios de Hospedagem do Rio de Janeiro (Hotéis Rio), em parceria com a consultora de Recursos Humanos Valéria Leal, lançaram o projeto Hóspede Oculto, em que um profissional vai inspecionar os empreendimentos enquanto visita os locais como se fosse um cliente regular.

O “hóspede oculto” vai gerar um relatório, ao final da estadia, com os pontos que precisam ser melhorados. Somente após as correções o empreendimento terá acesso ao selo de aprovação do projeto Hóspede Oculto da ABIH-RJ e Hotéis Rio.

Além disso, os estabelecimentos poderão contratar o serviço para avaliar o seu próprio negócio, nas matrizes de reserva e recepção, alimentos e bebidas, e hospedagem e recreação.

Alfredo Lopes, presidente do Hotéis Rio e presidente de Conselho da ABIH-RJ, explica que o serviço já é oferecido e demandado por muitas empresas, mas é a primeira vez que uma associação representante de classe está à frente do projeto.

— Nossa matriz foi desenhada por especialistas do setor, a partir da nossa vivência de representação dos meios de hospedagem, e vem atender a uma demanda latente dos empreendimentos por inspeção e treinamento das equipes que atuam na linha de frente com o hóspede, especialmente em um momento em que um descuido de sua equipe pode trazer consequências graves para um empreendimento — explica.

A maioria dos hotéis do Rio suspendeu as atividades em abril, com retomada em julho. Desde então, foram lançados três selos de segurança sanitária: Turismo Consciente, do governo do estado; Xô Corona, do município do Rio; e Turismo Sustentável, do Ministério do Turismo. Porém, como o processo para a conquista dos selos é autodeclaratório, não há garantia de que os estabelecimentos estejam de fato cumprindo todas as normas.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.