“MAPA CULTURAL” DE SANTA CATARINA ESTÁ DISPONÍVEL PARA RECADASTRAMENTO

Na hora da regulamentação da Lei Aldir Blanc (nacional) e da Medida Provisória 229 (SC), que estabelecem renda e investimentos emergenciais para o setor artístico-cultural, o cadastramento do “Mapa Cultural SC” teve de ser atualizado, causando aflição. Todos precisam de recadastramento. Saiba mais detalhes na “Live da Cultura” promovido pelo jornal “Mais Garopaba”, às 19h desta quinta-feira, via a página do Facebook: https://www.facebook.com/maisgaropaba/ .

A nova plataforma do “MapaCulturalSC” já está no ar. Com o intuito de ampliar o acesso, o controle e a manutenção dessa importante ferramenta de cadastro e mapeamento, a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) trouxe o MapaCulturalSC, numa versão atualizada, para o sistema de dados do próprio Governo do Estado de Santa Catarina, por meio do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc).

***Clique aqui para fazer o cadastro: http://mapacultural.sc.gov.br/

A ação foi motivada devido a instabilidades registradas na plataforma nacional que, quando criada, foi hospedada no sistema de dados do extinto Ministério da Cultura, hoje Secretaria Especial de Cultura. Com as alterações realizadas na gestão da Cultura em âmbito federal, a plataforma MapaCulturalSC deixou de receber manutenção e passou a apresentar diversos problemas.

Após um período de testes, que foi encerrado nesta terça-feira (18), às 14h, o MapaCulturalSC teve sua base de dados zerada e foi liberado para os usuários. Portanto, solicita-se que toda a comunidade cultural faça o recadastramento.

É importante destacar que agentes, espaços, projetos e eventos cadastrados anteriormente deverão ser recadastrados na nova plataforma. Para isso, é necessário criar um login, uma senha e preencher os campos solicitados. Os dados cadastrados até o inicio da tarde de ontem, 18 de agosto, não poderão ser importados para a nova plataforma.

O cadastro no MapaCulturalSC é necessário para acesso ao auxílio da Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural. Por meio dessa plataforma também será possível fazer a inscrição para receber o benefício e enviar os documentos necessários. Além disso, o cadastro será exigido em editais da FCC, como o Edital #SCulturaemSuaCasa.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.