Mesmo com pandemia, região tem saldo positivo entre aberturas e fechamentos de empresas em 2020; destaque para Tubarão, Imbituba e Laguna

A região registrou, de janeiro até essa quarta-feira (18), um saldo positivo de 4.378 empresas constituídas nos 18 municípios que compõem a Amurel. Mesmo com a pandemia do coronavírus, nesse período foram abertas 6.662 empresas e extintas 2.284.


Os dados são ainda mais positivos em relação ao mesmo período do ano passado, quando o saldo foi de 3.785 empresas abertas a mais – de janeiro a novembro de 2019 foram constituídas 6.171 empresas e fechadas, 2.386.
De acordo com dados da Jucesc (Junta Comercial do Estado de Santa Catarina), até mesmo os números contabilizados durante o período que iniciou a pandemia do coronavírus (quando também aconteceu a quarentena) foram melhores em relação ao ano passado. De 17 de março a 18 de novembro deste ano, o saldo positivo ficou em 3.317 novas empresas abertas. No mesmo período de 2019, os números foram 2.999 empresas abertas a mais que fechadas.
Tubarão lidera o número de empresas constituídas a mais que extintas neste ano, com um saldo positivo de 1.565. Imbituba (777), Laguna (395), Braço do Norte (341), Capivari de Baixo (294) e Jaguaruna (203) foram as cidades com maior saldo positivo, segundo a Jucesc. Imaruí teve saldo positivo de 88, enquanto Pescaria Brava abriu 79 empresas a mais do que viu fechar.
Resultado no Estado
Dados apresentados pela Junta Comercial (Jucesc) mostram ainda um saldo positivo de 344 novos empreendimentos no Estado. Santa Catarina teve 74% a mais de empresas que aportaram em terras catarinenses do que as que migraram para outras regiões. Outro destaque está na abertura de empresas, quando comparado ao mesmo período do ano passado. De um total de 144.092 constituições, o Estado obteve um saldo positivo de 97.947, entre 1º de janeiro e 3 de novembro de 2020. Um crescimento de 14,4%, em relação a 2019, que teve um saldo de 85.457.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.