‘Não sei como contar para minha esposa que perdemos nossos filhos’, diz vítima de acidente em São José dos Pinhais

O grave acidente na BR-277, altura de São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, no Paraná, tem repercutido nos meios de comunicação desde a noite deste domingo (02).

Sites de notícias locais estiveram no local do acidente ainda durante a ocorrência e conversaram com muitas pessoas que sobreviveram ao acidente. Os relatos são impactantes, bem como as imagens do engavetamento, que deixou pelo menos dez pessoas mortas e 30 feridas.

Em determinado momento, um homem conversa com o repórter site São José Alerta e diz que perdeu os filhos no acidente. Ele não informa quantos filhos foram, mas fala que não sabe como contará para sua esposa que os filhos morreram no acidente. O homem não se identificou.

Outro relato forte é de um motorista de um Gol, que sobreviveu ao acidente. Ele disse que o carro foi atingido pelo caminhão e, quando saiu, viu corpos pelo chão da rodovia.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o acidente foi resultado de um incêndio na beira da estrada.

A fumaça prejudicou a visibilidade na pista e resultou no engavetamento que envolveu 22 veículos. Segundo informações de socorrista, muitas pessoas foram encontradas mortas no local e outras foram encaminhadas em estado grave ao hospital. O trânsito estava parado devido a um acidente quando o motorista de um caminhão, sem enxergar os carros por causa da fumaça, atingiu vários veículos.

O acidente envolveu cinco motocicletas, 15 carros, uma viatura da Polícia Militar e um caminhão. A Ecovia, concessionária responsável pela administração do trecho, informou que os dois sentidos da BR-277 foram completamente interditados por causa do acidente. As pistas foram liberadas por volta das 3h.

Aproximadamente 28 equipes de autoridades foram deslocadas ao local do engavetamento na BR-277. Eram 15 carros oficiais das Polícias Militar e Cientifica, Corpo de Bombeiros, concessionária e Polícia Rodoviária Federal, responsáveis pelo inquérito do acidente. Além disso, 10 ambulâncias e três caminhões de combate a incêndios e resgate.

Com Agências

Adicionar aos favoritos o Link permanente.