Passa de 100 o número de detentos que morreram vítimas do novo coronavírus em presídios brasileiros

Passa de 100 o número de detentos que morreram vítimas do novo coronavírus em presídios brasileiros. As informações são da plataforma do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão vinculado ao Ministério da Justiça.

São 101 mortes já registradas em todo o país, além de 18.521 casos diagnosticados. A população carcerária atual no Brasil é de 773.151 presos, segundo o Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen) de 2019.

Com a maior população prisional do país, 231.287 detentos, São Paulo é o estado que registra mais presos vítimas de Covid-19, com 24 mortos. Rio de Janeiro e Minas Gerais vêm logo depois, com 16 e 10 mortes, respectivamente.

Com um contingente prisional cerca de 60 vezes menor que São Paulo, Roraima soma 8 detentos mortos pelo novo coronavírus, mesmo número registrado em Pernambuco.

Segundo o Depen, dos 18.521 infectados por Covid-19 nos presídios brasileiros, 17.109 já estão recuperados. O órgão ainda investiga 4.254 casos suspeitos.

País com a maior população carcerária e com o maior número de casos de Covid-19 em todo o mundo, os Estados Unidos registram 907 detentos mortos pela doença.

Com quase 2.3 milhões de presos, segundo a organização Prison Policy Initiative, o país norte-americano contabiliza mais de 126 mil casos do novo coronavírus nos presídios.

 

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.