Polícia e Celesc realizam operação contra furto de energia elétrica no Adhemar Garcia

A celesc realizou na manhã desta terça-feira, (18), a operação de suspensão de fornecimento de energia elétrica de forma clandestina (gatos) na região da invasão do bairro Ademar Garcia, na Zona Sul da cidade de Joinville. O furto de energia elétrica é classificado como crime. O responsável fica sujeito a penalidades que vão desde o pagamento de multas até a detenção por até quatro anos.

Com apoio de fiscais da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e da polícia militar, as equipes realizaram o corte de aproximadamente 60 unidades consumidores. Durante a operação, a polícia militar retirou de circulação algumas porções de maconha, comprimidos de ecstasy e um pé de maconha.

As ligações clandestinas costumam sobrecarregar os transformadores, que são dimensionados para atender uma determinada carga. A sobrecarga pode ocasionar acidentes na rede elétrica, como explosões e incêndios que, além de riscos físicos à população, causando interrupções no fornecimento de várias unidades consumidoras e, consequentemente, interferindo negativamente na qualidade da energia.

Durante a operação, a polícia militar retirou de circulação algumas porções de maconha, comprimidos de ecstasy e um pé de maconha. / Foto Stive / Aconteceu em Joinville
Adicionar aos favoritos o Link permanente.