Presidente do Barcelona diz que Messi ‘quer se aposentar no clube’ e indica permanência de Coutinho

A crise no Barcelona após a derrota por 8 a 2 sofrida para o Bayern de Munique, nas quartas de final da Liga dos Campeões, ganhou um novo capítulo. Nesta terça-feira, o presidente Josep Maria Bartomeu concedeu entrevista aos diretores dos três principais jornais da Catalunha (Mundo Deportivo, Sport e L’Esportiu) e abriu o jogo sobre as mudanças administrativas que o clube fará.

As principais perguntas tiveram a ver com o astro Lionel Messi, que não tem continuidade garantida no Barcelona. Com contrato encerrando em 2021, Bartomeu o vê como “instransferível” e garantiu que o argentino tem o desejo de se aposentar no clube.

— Messi disse que quer acabar sua carreira no Barça. Koeman está dizendo que seu pilar é Messi. Ele tem contrato até 2021. Falo regularmente com ele e seu pai. Eles sabem que há um projeto novo, com novo treinador. Não falei com Messi ainda, mas sim com seu pai. Messi está frustrado, como todos. Temos que ser otimistas. Foi uma derrota dolorosa, fizemos lutas de dois dias e agora temos que lutar — disse Bartomeu, após ser questionado sobre quais jogadores seriam intransferíveis:

— Messi. E ele sabe. Assim como Ter Stegen, Lenglet, Semedo, De Jong, Dembelé e Griezmann — completou.

Bartomeu também deixou a porta aberta para o retorno de Philippe Coutinho, que está emprestado ao Bayern de Munique. Segundo o presidente, se o novo treinador e o brasileiro quiserem, ele permanecerá no clube.

— Se contarem com Coutinho, ele pode ficar para a próxima temporada — resumiu.

Ronald Koeman comanda o Southampton há dois anos Foto: Darren Staples / REUTERS

O presidente do Barceona também confirmou que Ronald Koeman será o novo técnico do clube e explicou os motivos de sua contratação. Além disso, garantiu que o holandês será o responsável pela reformulação no elenco catalão.

— Se nada der errado, Koeman começa a trabalhar nos próximos dias. Será um projeto diferente. Escolhemos ele por sua experiência. Treinou muitos times, esteve no Dream Team de Cruyff. Foi o primeiro técnico que ligamos em dezembro, mas estava muito perto da Euro. O planejamento que faremos a partir de agora, se algum jogador não contar para o técnico, falaremos com ele. Cada caso é um caso. São jogadores lendários do clube e é preciso falar com eles antes.

Confira outra respostas de Bartomeu:

  • Neymar é possível?

Neymar é um grande jogador, mas é como Ansu Fati. Um grande jogador e que o clube não quer vender.

Neymar em ação pelo Barcelona Foto: LLUIS GENE / STF
  • Lautaro Martínez?

Lautaro é um caso diferente. Falamos com ele e paralisamos, ainda está jogando a Europa League e veremos depois.

  • Mudanças no elenco

Havia um plano de fazer uma transição, após a derrota na Champions entendemos que alguns jogadores fecharam o seu ciclo e faremos uma reformulação no plantel.

  • Problemas financeiros

Barcelona fechará a temporada com déficit. A receita foi de €200M menos que o esperado.Para a temporada que vem, os efeitos da COVID serão ainda piores para o Barça. Serão em torno de 320 milhões de euros. Não é que falte dinheiro, mas não podemos mais subir o limite salarial. Por isso é preciso vender para comprar.

  • Líderes do elenco

Todo vestiário tem muito poder. Eles são muito importantes. Temos uma geração que ganha títulos sem parar. E pensamos que mereciam outra chance. Temos que agradecê-los porque estamos desde 2008 ganhando títulos, mas é preciso começar a nos despedir de alguns.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.