Presos seis suspeitos de envolvimento na morte de mãe e filha em Casca


De acordo com a polícia, foram presos três mandantes e três executores. Neusa Maria Rapkievicz, de 57 anos, e Ana Paula Rapkievicz, de 32, foram mortas a tiros no dia 14 de junho. Neusa e Ana Paula estavam em um carro, na cidade de Casca, quando foram atingidas por disparos
Montagem/Arquivo Pessoal
A Polícia Civil prendeu preventivamente, na manhã desta terça-feira (1º), seis suspeitos de envolvimento na morte de mãe e filha em Casca, na Região Norte do Rio Grande do Sul. Eles foram presos na cidade em que ocorreu o crime, em Guaporé e em Florianópolis (SC).
Segundo a polícia, três são mandantes e três executores dos assassinatos. Um quarto suspeito de ter participado da execução está foragido.
Neusa Maria Rapkievicz, de 57 anos, e Ana Paula Rapkievicz, de 32, foram atingidas por diversos tiros quando chegavam em casa, no interior de Casca, no dia 14 de junho. Segundo familiares, mãe e filha vinham recebendo ameaças de morte.
Entre os presos, estão o ex-genro de Neusa e o pai dele. O ex-genro havia tido um relacionamento com a irmã de Ana Paula.
“A motivação é briga familiar”, destaca o delegado Venícios Demartini.
De acordo com as autoridades, após o crime, os envolvidos chegaram a fazer uma comemoração.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.