Putin sinaliza para libertação de motorista brasileiro preso na Rússia

Preso há um ano e oito meses na Rússia por entrar no país com um remédio para o sogro do jogador Fernando, o motorista Robson Nascimento de Oliveira, 48, deve ter seu caso resolvido nos próximos dias. Segundo informações da revista “Época”, após intervenções de Jair Bolsonaro pedindo a soltura de Oliveira, o presidente russo, Vladimir Putin, sinalizou com a resolução do caso e com a saída do motorista.

Na última terça-feira (17), o brasileiro, que está preso na Unidade Penal de Kashira, há 110 km de Moscou, passou por mais uma audiência. Após os diálogos entre Bolsonaro e Putin, a expectativa agora é que Oliveira seja julgado mais uma vez e transferido para o Brasil após a sentença. Oliveira foi preso em fevereiro de 2019 por portar remédio de uso não liberado na Rússia, mas permitido no Brasil. À época, Fernando atuava no Spartak Moscou.

Em outubro, o governo brasileiro chegou a enviar uma carta a Putin pedindo a soltura do motorista. O documento afirma que Robson Nascimento de Oliveira se complicou com a justiça russa por desconhecimento das leis locais.

O documento foi levado pessoalmente a Moscou pelo presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, Nelsinho Trad (PSD-MS), e pela secretária de Negociações Bilaterais na Ásia, Pacífico e Rússia do Ministério das Relações Exteriores, Márcia Donner Abreu.

 

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.