Rede integrada de informaes da Segurana j atende 21 cidades

O Termo de Cooperação Técnica da Secretaria da Segurança Pública do Paraná (Sesp) e das guardas municipais já contempla 21 cidades paranaenses. A rede de compartilhamento de dados atende, até o momento, mais de 3,7 milhões de paranaenses. O objetivo dos convênios é dar maior agilidade e eficiência ao trabalho das forças de segurança, integrando as guardas municipais ao sistema.

Nesta quarta-feira (12/08), Cascavel e Umuarama assinaram o termo. Os convênios já contemplam boa parte da população paranaense, ou seja, os serviços de inteligência das polícias têm acesso a informações importantes de mais de 30% dos contribuintes do Paraná.

A partir destas assinaturas, a Sesp passa a acessar, também, as câmeras de monitoramento dos municípios. “Assim, se ocorre um crime em uma área monitorada, por exemplo, a investigação é muito mais fácil”, destacou o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares.

Além disso, os municípios ficam responsáveis por fornecer à secretaria a Base Cartográfica de suas cidades, com pontos de interesse para a pasta, assim como as notificações de agravo contra a mulher e a criança.

O termo permite que os guardas municipais acessem as informações de mandados gerais e da situação de veículos. Eles também passam a ter autorização para elaborar, consultar e editar relatórios do sistema de Boletim de Ocorrência Unificados (BOU), o mesmo já utilizado pela Polícia Militar e pela Polícia Civil em todo o Estado.

“Na prática, vai otimizar o atendimento de ocorrências. Antes, nós tínhamos que atender a ocorrência, fazer um relatório interno, entregar os presos e os materiais apreendidos na Polícia Civil, e depois elaborar o boletim de ocorrência. Agora, nós chegamos já com o BO pronto e entregamos para a autoridade final, que é o delegado. Isso vai desafogar um pouco do trabalho da Guarda Municipal”, destacou Antonio Volvei dos Santos, secretário municipal de Políticas sobre Drogas e Proteção a Comunidade de Cascavel.

Para o comandante da Guarda Municipal de Cascavel, o acordo permitirá uma maior integração entre a instituição e as demais forças policiais do Estado. “Passamos a ter condições, junto com a Polícia Militar, de discutir um melhor alinhamento dos trabalhos realizados nos bairros, o que também torna o serviço mais dinâmico”.

O trabalho de segurança em Umuarama, de acordo com o secretário Municipal de Defesa Social, major Valdecir Gonçalves Capelli, já é bastante integrado entre as forças policiais. “Isso tudo traz um resultado benéfico para a população da nossa cidade, melhorando cada vez mais a segurança e diminuindo os índices de criminalidade”, afirmou.

“Esse sistema que teremos acesso vai melhorar, e muito, nosso trabalho na Guarda Municipal e, também, a segurança do município. Essa ampliação na integração também vai permitir ao Paraná ter um levantamento mais preciso sobre os crimes, incluindo de que tipo e onde ocorrem”, completou o diretor da Guarda Municipal de Umuarama, inspetor Valdiney Roberto de Rissato.

INTEGRAÇÃO – Somente nesta semana, nove municípios aderiram ao Termo de Cooperação da Secretaria da Segurança Pública, sendo um no Vale do Ivaí (Apucarana), dois dos Campos Gerais (Telêmaco Borba e Ponta Grossa), dois do Oeste (Cascavel e Foz do Iguaçu), três do Noroeste (Maringá, Umuarama e Paranavaí) e um do Litoral (Pontal do Paraná).

Por conta do Programa Em Frente Brasil, São José dos Pinhais foi o primeiro município a aderir à rede, ainda em outubro de 2019. Este ano, outros 20 municípios firmaram o convênio. Além dos nove desta semana, a lista contempla Arapongas; Araucária; Campina Grande do Sul; Campo Largo; Colombo; Londrina; Mandirituba; Paranaguá; Pinhais; Quatro Barras e Sarandi.

“Isso é muito importante para a secretaria porque até então, municípios e Estado não estavam integrados. Hoje estão, e estamos ampliando esta rede, que já contempla 21 guardas municipais”, afirmou o secretário Marinho.

PRESENÇAS – Estiveram presentes nos eventos de assinatura: da Sesp, a chefe de gabinete, Luciana de Novaes; o assessor civil, Vinícius de Carvalho; o coordenador do setor de Engenharia da Secretaria da Segurança Pública, Ivan Ricardo Fernandes; e o coordenador do Centro de Análise, Planejamento e Estatística da Sesp, Cláudio Todisco Silveira. O deputado estadual Soldado Adriano participou da assinatura com Umuarama.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.