Servidores do Ibama dizem que desmatamento na Amazônia pode crescer 28%

Grupo de 600 servidores enviou carta para o vice-presidente da República, Hamilton Mourão

Desmatamento na Amazônia pode crescer até 72% em comparação a 2018.

Cerca de 600 servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) assinaram uma carta na qual alertam que o
desmatamento na Amazônia pode crescer 28¨% em 2020.

Nela, os servidores consideram os dados obtidos entre os meses de agosto e julho do ano seguinte os comparam com o do período anterior. Levando em conta dados de 2018, o aumento de 2020 deverá ser próximo dos 72%.

Segundo os servidores, o desmatamento registrado até 9 de julho era 13% maior do que no ano anterior. A área total defloresta desmatada pode superar os 13 mil km².

A carta é destinada ao vice-presidente e comandante do Conselho da Amazônia, Hamilton Mourão. Além dele, o documento foi dirigido para outras lideranças e autoridades, como o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) e do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli.


Com Agências

Adicionar aos favoritos o Link permanente.