Vacina da Johnson & Johnson contra Covid-19 será testada em 60 mil voluntários

A Johnson & Johnson planeja realizar testes de sua vacina experimental contra o novo coronavírus em até 60 mil voluntários em diversos países.

O início do ensaio clínico em estágio final está previsto em setembro, de acordo com banco de dados de ensaios clínicos do governo dos Estados Unidos, informou Reuters.

O teste será realizado em, aproximadamente, 180 locais nos EUA e em outros países, como o Brasil e o México, segundo o site da organização governamental.

“Podemos confirmar que o planejamento e o recrutamento estão em andamento para nosso programa de Fase 3, que está sujeito aos dados provisórios dos testes das fases 1 e 2 e à aprovação dos reguladores”, disse um porta-voz da Johnson & Johnson, citado pela Reuters.

“Nosso programa de Fase 3 pretende ser o mais robusto possível, pode incluir até 60 mil participantes e será conduzido em locais com altas taxas de incidência”, acrescentou.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já autorizou a realização de testes clínicos em estágio avançado com a vacina desenvolvida pela Janssen, unidade farmacêutica da Johnson & Johnson, no Brasil.

Segundo o órgão de controle, os testes no Brasil serão realizados com sete mil voluntários nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais, Bahia e Rio Grande do Norte.

O ensaio de Fase 3 provavelmente será encerrado no fim de setembro, com as primeiras vacinas disponíveis para uso no início de 2021, afirmou o representante da Johnson & Johnson.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.