Viracopos tem alta de passageiros pelo 3º mês seguido, mas redução acumulada no ano sobe para 43%

Aeroporto em Campinas soma 3,4 milhões de viajantes de janeiro a julho, 2,7 milhões a menos do que mesmo período de 2019. Concessionária fala em ‘continuidade gradual da retomada’. O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas

O Aeroporto de Viracopos registrou em julho aumento do fluxo de viajantes pelo terceiro mês consecutivo, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (13) pela concessionária administradora. Em meio aos reflexos da pandemia do novo coronavírus, porém, o total de 383,2 mil viajantes é o pior resultado para o mês desde que o terminal é administrado integralmente pela administração privada e ainda fez com que a perda acumulada do ano, no comparativo com 2019, aumentasse para 43,9%.
O levantamento da Aeroportos Brasil Viracopos diz que que 3,4 milhões passaram pela estrutura em Campinas (SP) durante sete meses – diminuição de 2,7 milhões em relação ao mesmo intervalo do ano anterior. Até o primeiro semestre a queda de usuários era de 40,6%. Veja abaixo gráfico.
“A recuperação no setor de aviação apresenta tendência de crescimento gradual e lenta após uma queda brusca registrada a partir de março por causa da pandemia”, diz nota da assessoria da concessionária ao estimar 450 mil viajantes em agosto.
Movimento em julho
O total de passageiros recebidos em julho significa diminuição de 61,5% na quantidade de pessoas que embarcaram ou desembarcaram pela metrópole, no comparativo com mesmo mês de 2019.
Diante da crise gerada pela pandemia, por outro lado, este é o terceiro melhor fluxo de viajantes no ano e a concessionária fala em “continuidade gradual da retomada”. O pior saldo desde 2013 foi em abril.
Antes da pandemia, o terminal registrou uma série marcada por altas consecutivas entre julho de 2018 até fevereiro de 2020, comparando-se cada mês com o mesmo período do ano anterior.
Em junho, o governo federal confirmou aprovação das condições do projeto para relicitação. O processo promete solucionar a crise financeira do terminal que soma R$ 2,88 bilhões em dívidas.
Campinas bate recorde de mortes, com 26 registros em 24h; casos sobem para 12.247
Governo aprova condições de projeto para relicitação do Aeroporto de Viracopos
Anac reajusta tarifas do Aeroporto Internacional de Viracopos
Voos em julho
Passageiros domésticos
2019 – 892.029
2020 – 373.910

Passageiros internacionais
2019 – 103.526
2020 – 9.316

Total de viajantes
2019 – 995.555
2020 – 383.226
Acumulado 2019-2020
Passageiros domésticos
2019 – 5.606.916
2020 – 3.170.588

Passageiros internacionais
2019 – 542.266
2020 – 274.215

Total de viajantes
2019 – 6.149.182
2020 – 3.444.803
A Aeroportos Brasil destacou que a média diária de 330 pousos e decolagens foi reduzida para 34 em março, e ela subiu para 56 em abril. Em maio foi para 72, enquanto que aumentou para 84 em junho.
“Em julho, o movimento diário chegou próximo de 130 pousos e decolagens. Já em agosto, a previsão é que os movimentos diários de pousos e decolagens cheguem a 165”, destaca a concessionária.
Ações contra a Covid-19
Em nota, a Aeroportos Brasil Viracopos destacou que adotou uma série de ações para minimizar a propagação do novo coronavírus diante do cenário de retomada de voos pelas companhias aéreas. Ela inclui instalação de uma câmera térmica de medição de temperatura, ampliação do processo de desinfecção das estruturas, colocações de pelo menos 130 suportes de álcool em gel nos terminais, estacionamentos e áreas administrativas, além de remodelação das sinalizações.
Coronavírus: diferenças entre máscara cirúrgica, de pano, N95 e face shield

Adicionar aos favoritos o Link permanente.